Dra Fernanda Philippi | Tratamento Pólipos Nasais Florianópolis
Tratamento Pólipos Nasais Florianópolis. Pólipos nasais são caracterizados por pequenos crescimentos de tecido inflamado na parede de revestimento do nariz e/ou dos seios paranasais. Podem causar obstrução nasal, redução no olfato (hiposmia) e até rinossinusites. Saiba mais.
15506
page-template-default,page,page-id-15506,page-child,parent-pageid-15322,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Pólipos Nasais

Pólipos nasais – Dra. Fernanda Philippi

Pólipos nasais são caracterizados por pequenos crescimentos de tecido inflamado na parede de revestimento do nariz e/ou dos seios paranasais, gerando saliências dentro destes locais.

 

Os pólipos nasais podem variar em tamanho, formato e localização, podem se localizar em um ou em ambas as cavidades nasais, bem como em diferentes locais dentro do nariz e seios paranasais. Podem ser lesões únicas (como o pólipo antrocoanal) ou podem ser lesões múltiplas e/ou confluentes, assumindo um aspecto de “cacho de uva”, como na polipose nasal (polipose nasossinusal).

 

A maioria das lesões polipoides é benigna. Entretanto, algumas lesões de aparência polipoide, especialmente se unilaterais e de aparecimento recente, devem ser investigadas de maneira adequada para descartar a possibilidade de um tumor nasal de outra natureza (ex.: papiloma invertido, carcinoma, estesioneuroblastoma).

 

O que é polipose nasal

 

A polipose nasal é uma doença inflamatória benigna, usualmente bilateral (acometendo ambas as cavidades nasais e seios da face) e que tem como principais manifestações:

  1. Obstrução nasal em graus variados
  2. Redução no olfato (hiposmia), ou mesmo a completa ausência de olfato (anosmia) e alterações no paladar.
  3. Rinossinusites de repetição
  4. Congestão facial
  5. Gotejamento pós-nasal (sensação de muco escorrendo pela garganta).
A polipose nasal pode estar associada a:
  1. Asma
  2. Sensibilidade ao ácido acetil salicílico
  3. Rinossinusites fúngicas
  4. Fibrose cística (quando a polipose se manifestar numa criança ou adolescente)
Como é feito o diagnóstico da polipose nasal?

O diagnóstico desta condição acontece durante o exame otorrinolaringológico, com o auxílio de videoendoscopia nasal (rígida ou flexível), no próprio consultório. Comumente é indicado que o paciente realize uma tomografia de seios da face, com o intuito de avaliar a extensão da polipose e acometimento de seios paranasais (seios da face), sendo um método diagnóstico imprescindível num paciente candidato a uma cirurgia de polipose/ sinusectomia.

WhatsApp
Enviar